Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Lisbon History

Share Lisbon With The World

My Lisbon History

Share Lisbon With The World

Hippotrip - Hippo Hippo Urra!

 Já conhecem a Hippotrip? A Hippotrip é uma empresa de Animação Turística e operador Marítimo-Turístico que proporciona aos seus clientes uma oportunidade única de explorarem as principais atracções da cidade de Lisboa, não só a partir de terra, mas também a partir do estuário do rio Tejo através dos seus veículos anfíbios.

 

 Os circuitos têm uma duração total de cerca 90 minutos, dos quais cerca de 30 minutos são passados na água. O circuito rodoviário é fixo (é feita uma passagem pelos príncipais pontos turísticos da nossa cidade), mas o circuito na água pode variar consoante a altura da maré, as condições climatéricas e o estado das águas.

 

IMG_0625.JPG

IMG_0605.JPG

IMG_0635.JPG

IMG_0626.JPG

IMG_0643.JPG

 

 Durante o circuito os animadores partilham com muita animação, mitos, lendas e curiosidades sobre a cidade de Lisboa. O local de partida e chegada do tour é na Doca de Santo Amaro em Alcântara, mais concretamente na Associação Naval de Lisboa Secção de Remo que fica por baixo da Ponte 25 de Abril, no lado esquerdo da marina onde se encontram os restaurantes

 

IMG_0603.JPG

IMG_0642.JPG

IMG_0636.JPG

IMG_0624.JPG

 

 

Os passeios do Hippotrip ocorrem todos os dias nos seguintes horários:
 
- De Outubro a Março: 10h00, 12h00, 14h00, 16h00
 
- De Abril a Setembro: 10h00, 12h00, 14h00, 16h00, 18h00
 
 
O custo de um bilhete para Adulto é de €25, o custo para Crianças (entre 2-16 anos) e Seniores (a partir de 65 anos) é de €15 por bilhete.
 
A equipa do My Lisbon History adorou a viagem e está cheia de vontade de voltar a experimentar as tours do Hippotrip! Até à proxima.
 

Contactos:

Morada:
Doca de Santo Amaro
1350-353 Lisboa
Telefone: +351 211 922 030  
Fax: +351 210 965 541

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vem aí a Portugal Restaurant Week - Menus a 20€

 Mais de 100 restaurantes em todo o país entram em saldos a partir de 18 de fevereiro. O motivo? Mais uma edição da Portugal Restaurant Week. Saiba quais são os restaurantes que se estreiam no evento.

 

2ui7D9Mvi5hbPylNZepUD4hC6vVwlvl0dZ5LIDZRvVA.jpg

 

Em 2016, a simples notícia de mais uma edição da Restaurant Week — evento que disponibiliza menus a 20€/pessoa em restaurantes que habitualmente cobram bem acima disso — já não será grande notícia, passe a redundância, para muita gente. Não o será, certamente, para os leitores interessados nos assuntos do garfo e faca e menos ainda para os mais atentos ao Observador, que já reportou edições anteriores, locais e nacionais, aqui, aqui e aqui.

 

Portanto, mais que voltar a dissertar sobre o conceito do evento e respetiva vertente solidária, que é estimável, para dar uma dimensão minimamente respeitável a este artigo, será mais proveitoso focar a prosa nas novidades desta que é a quarta edição que decorre, ao mesmo tempo, em todo o país (a Restaurant Week começou por surgir apenas a nível local, em 2009, e as edições nacionais só começaram em 2013).

 

E escrever sobre as novidades é escrever, sobretudo, sobre os restaurantes que vão aderir pela primeira vez ao evento. A lista final ainda não está confirmada — a organização diz que à medida que as parcerias vão sendo fechadas, o site de reservas vai sendo atualizado — mas já é possível avançar alguns restaurantes que se estreiam numa Restaurant Week. São eles:

 

  • Insólito – Restaurante dos mesmos responsáveis do The Decadente, com uma cozinha criativa e vista, a partir do terraço, para meia Lisboa.
  • Chefe Cordeiro – A casa lisboeta do transmontano José Cordeiro, chef com currículo vasto e inúmeras aparências televisivas, que gosta de honrar as suas raízes à mesa.
  • Duplex – Ideal para quem queira prolongar a festa depois do jantar, já que junta um bar, no piso térreo, ao restaurante liderado pelo chef Nuno Bergonse.
  • Reserva by Olivier – Na antiga casa de Maria Amália Vaz de Carvalho, em Cascais, servem-se receitas clássicas dos vários restaurantes de Olivier.
  • Galeria do Largo – Ocupa o espaço da antiga papelaria Araújo & Sobrinho, no Porto. Sob batuta do chef Manuel Ferreira, reinventam-se fórmulas conhecidas do receituário nacional.
  • Gull – O destino a considerar pelos apreciadores de sushi, no Porto. A vista para o Douro, a partir do Cais das Pedras, é um bónus. E que bónus.
  • Henrique Leis – Um reforço de peso para o evento. Trata-se de um dos restaurantes algarvios com Estrela Michelin há mais anos. Henrique Leis, o chef, é um brasileiro com escola francesa de alta cozinha.
  • Design Centre Nini Andrade Silva – Cozinha com consultoria de Miguel Laffan (L’And) num espaço com vista sobre a baía do Funchal, obviamente decorado pela famosa designer de interiores madeirense que lhe dá o nome.

 

O quê? Portugal Restaurant Week
Quando? de 18 de fevereiro a 6 de março (entre 18 e 24 de fevereiro apenas disponível para clientes Millennium BCP)
Onde? Em mais de 100 restaurantes em todo o país
Quanto? Cada menu custa 20€, sem bebidas incluídas
Reservas? Pelo telefone 21 011 7373 (todos os dias, das 11h00 às 21h30) ou pelos sites restaurantweek.pt, ou através do parceiro oficialthefork.pt

 

Notícia Observador : http://observador.pt/2016/02/17/portugal-restaurant-week-fregues-olho-menu-20-euros/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...